Robinho é condenado em Milão na Itália a 9 anos por violência sexual

A nona seção do Tribunal de Milão condenou nesta quinta-feira (23) o atacante Robinho, do Atlético-MG, a nove anos de prisão por “violência sexual em grupo” contra uma jovem albanesa.

O caso ocorreu em 22 de janeiro de 2013, quando o jogador defendia o Milan e a vítima tinha 22 anos. Segundo a investigação, o ato teve a participação de Robinho e de mais cinco pessoas.

Em 2014, Robinho chegou a divulgar um vídeo chamando a acusação de “triste e mentirosa” e ameaçou processar a imprensa por publicar informações “mentirosas”. Como a sentença foi dada em primeira instância, ainda cabe recurso.

A assessoria do Atlético-MG disse que ainda não sabe se o jogador se pronunciará sobre o assunto.

Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG.

Fonte: CATVE/TERRA
Tecnologia do Blogger.